quinta-feira, 27 de julho de 2017

Novas listas PNL - Plano Nacional de Leitura 2027

http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/index.php?s=livros-recomendados&pid=12&ppid=6&title=Todas_as_listasNo âmbito do revitalizado Plano Nacional de Leitura surgem agora novas listas de livros recomendados para os mais diversos níveis de proficiência leitora.

Destacamos aqui as listas para leitura autónoma dos nossos alunos:

5º Ano

6º Ano

7º/8º/9º Ano

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Boas Férias - Boas Leituras



Na praia, no jardim, em casa dos primos da aldeia ou na tranquilidade do 1º andar, nada como estes dois meses de férias para descobrir a companhia de um bom livro.

Trabalhos do 1º ciclo - Semana da Leitura



Alunos do 4º ano, da professora Luísa Medeiros, participaram no concurso nacional da Semana da Leitura. Foram estes os trabalhos escolhidos para representar o agrupamento. Parabéns....valeu a experiência e o desafio. 

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Cartazes apurados - Ler Prazer Ler Pr`a Ser


A professora Ivone Ferreira, no âmbito da disciplina de Expressão Plástica, lançou um desafio ao 8º F - participar no concurso de cartazes do PNL " Ler Prazer Ler Pr`a Ser".O júri teve uma missão difícil dada a qualidade dos trabalhos apresentados na Semana da Leitura. Os trabalhos criados pela Inês Pinto e pelo Guilherme Moreira foram os mais votados e escolhidos para representar o agrupamento - 3º ciclo.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Poema do Mês

Árvore

Um passarinho pediu a meu irmão para ser sua árvore.
Meu irmão aceitou de ser a árvore daquele passarinho.
No estágio de ser essa árvore, meu irmão aprendeu de
sol, de céu e de lua mais do que na escola.
No estágio de ser árvore meu irmão aprendeu para santo
mais do que os padres lhes ensinavam no internato.
Aprendeu com a natureza o perfume de Deus.
Seu olho no estágio de ser árvore aprendeu melhor o azul.
E descobriu que uma casca vazia de cigarra esquecida
no tronco das árvores só serve pra poesia.
No estágio de ser árvore meu irmão descobriu que as árvores são vaidosas.
Que justamente aquela árvore na qual meu irmão se transformara,
envaidecia-se quando era nomeada para o entardecer dos pássaros
E tinha ciúmes da brancura que os lírios deixavam nos brejos.
Meu irmão agradecia a Deus aquela permanência em árvore
porque fez amizade com muitas borboletas.

Manoel de Barros (1916 – 2014), poeta brasileiro.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Pensamento do Mês


A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original."

Albert Einstein (1879 - 1955), físico teórico alemão